domingo, 9 de março de 2008

O novo aberto está ...

Se abra com força dos desejos que se foram,

Viva os momentos como se fossem únicos.

Correr na chuva, sorrir das pequenas coisas...

Entender que se encanar e teimar com a realidade não é o caminho.

O real é mutável ...

Lembro-me do dia que te amei, do olhar eu me fez completo, discreto, concreto...

Certo.

Abra o sorriso!

Acorde como se o dia fosse cheio de realizações!

Amores passados,

Dores passadas.

Viver com velocidade, intensidade, prazer...

Existem momentos que são únicos, como existem pessoas assim:

Únicas...

Não se apegue com desespero ao passado, pois ele fica nesse lugar:

Passado...

As coisas do passado se mesclando com o presente

Trazendo um novo futuro.

Abrir os caminhos .....

Viver no caminho.

Coexistir em paz ...

PAZ

PAIXÃO

AMOR

ZURETA

1 Comment:

Mirse said...

Maravilhoso.Corro atás disso, de viver intensamente os "momentos únicos", mas eis que a mente tem lampejos de passaado e atrapalho. Acredito que há que se ser treinado. e só assim , encontrar a PAZ, que este absurdo-corrido mundo tirou de todos nós.
Parabéns mais uma vez.
Abraços
Mirze